segunda-feira, 9 de julho de 2018

Resenha Mundo Medieval III - O resgate da rainha

Oii gentee

Faz tempo que não dou as caras por aqui né?! Muitas coisas acontecendo e acabei deixando de escrever postagens frequentes, mas vou tentar atualizar sempre que possível.

Hoje vou contar um pouco sobre como foi minha experiência no "Mundo Medieval", evento que ocorre em um castelo (Monte Castelo Eventos, para quem quiser pesquisar) em Mauá. O evento já está em sua terceira edição (fui em todas, cada qual com pontos positivos e negativos - para quem quiser ver a resenha da primeira edição, que escrevi há dois anos, clica aqui), e esse ano a promessa era de que o evento seria menor para atender bem ao público, visto que ano passado eles extrapolaram as vendas e muitas pessoas ficaram horas na fila simplesmente para entrar, o que desagradou MUITA gente. 



Como em todo evento de grande porte, é comum haver falhas. Por isso mesmo, a organização deve pensar com cuidado em cada detalhe, para que a maioria do público fique satisfeita e, consequentemente, vá aos outros eventos. Esse ano o evento ocorreu somente em um castelo, o Avalon.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Credo das Bruxas



" Ouça agora a palavra das Bruxas,
os segredos que na noite escondemos,
Quando a obscuridade era caminho e destino,

e que agora à luz nós trazemos.

Conhecendo a essência profunda,
dos mistérios da ÁGUA e do FOGO,
E da TERRA e do AR que circunda,
Manteve silêncio o nosso povo.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Oração Celta


" Que jamais, em tempo algum, o teu coração acalente ódio.
Que o canto da maturidade jamais asfixie a tua criança interior.
Que o teu sorriso seja sempre verdadeiro.
Que as perdas do teu caminho sejam sempre encaradas como lições de vida.
Que a musica seja tua companheira de momentos secretos contigo mesmo.
Que os teus momentos de amor contenham a magia de tua alma eterna em cada beijo.
Que os teus olhos sejam dois sóis olhando a luz da vida em cada amanhecer.


domingo, 25 de março de 2018

Adentrando "O Portal"

"Era uma vez... Aquela pessoa que já fomos, lembra? Bom, nem todo mundo se lembra de quem somos, muito menos de quem não somos mais. Essa é a história das pessoas que são, foram, nunca foram e sempre serão (...). O Portal é uma história jovem e eterna, que toca fundo no coração porque foi escrito com ele. Da ponta da pena à ponta da espada, é uma aventura de época para qualquer idade, ocasião, temperamento ou gosto musical "

Hoje a postagem é sobre mais um livro que li e amei muuuito: O Portal, de uma das escritoras que eu mais gosto, Eddie Van Feu. Já li muitos livros dela, grande parte da série Wicca (foi de onde a conheci, há uns 14 anos atrás, quando comecei a ler sobre o assunto), porém esse foi o primeiro livro ficcional que li da autora. Na verdade, é o primeiro romance que Eddie escreveu.


quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Simbolismo e origem do Pentagrama

Oi gentee :)

Andei sumida por um mês (sim, precisava de férias ahahaaha), mas estou de volta com as postagens. Tenho muuuito assunto ainda que quero escrever, mas como o tempo é curto, acredito que continuarei fazendo postagens mensalmente, mas quero me organizar para escrever pelo menos a cada 15 dias, assim o blog não fica tão abandonadinho hehehe

O assunto de hoje é sobre o ~tão polêmico~ pentagrama, uma estrela de cinco pontas dentro de um círculo. Acho que muitas pessoas já se depararam com esse símbolo na vida. Seja na internet, filmes, histórias ou livros, o pentagrama ainda hoje ainda é muito mal visto, e grande parte disso é por puro preconceito mesmo. Muito popular na bruxaria, o pentagrama é quase sempre utilizado por pagãos, seja como um símbolo de proteção, seja para exaltar sua religião, seja como simples amuleto.



domingo, 3 de dezembro de 2017

As fases da lua, a bruxaria e o misticismo

Desde sempre a lua está ligada ao misticismo e ao aspecto feminino. Antigamente, com os povos pagãos, era comum associar os ciclos lunares com o ciclo menstrual das mulheres, por conta da duração dos dois (aproximadamente 28 dias). Em várias línguas as palavras menstruação e lua são as mesmas ou associadas. Talvez seja a partir daí que a lua começou a ser representada e vista como o símbolo feminino e tudo o que está ligado ao gênero, como a intuição, as emoções e a face feminina da divindade. Naquela época, como não havia calendário, quando as mulheres ficavam grávidas, elas contavam a data de nascimento do bebê através das luas. Por conta desses fatores, e de muitos outros (como a influência nas colheitas, maré e crescimento das plantas), a aproximação do povo antigo com a lua era muito grande.

Com o avanço das grandes cidades e a cristianização dos povos pagãos, o contato com a natureza passou para segundo plano e, consequentemente, as crenças que o povo antigo mantinha acabaram se perdendo no meio do caminho. Isso explica porque nossa conexão com a Mãe Natureza  é tão superficial (bem vemos como o ser humano está destruindo tudo). Porém, alguns costumes prevaleceram até os dias atuais. Você deve ter ouvido falar que cortar o cabelo na Lua Minguante é ruim, porque deixa o cabelo 'sem vida'. Na minha família, por exemplo, sempre foi assim, e eu sigo esse costume até hoje. Não sei dizer de onde exatamente surgiu essa crença, é uma tradição que geralmente é passada oralmente por nossas avós.